segunda-feira, 4 de abril de 2016

Look de Páscoa desconstruído



É verdade que eu sou apologista de que as crianças usem roupa mais desportiva e menos tradicional no seu dia-a-dia, mas também nunca neguei que uma ocasião mais especial pede um look mais cuidado. Por isso quando pensei na roupa para a Páscoa que passou, tive que arranjar um bom compromisso entre a data festiva e o dia que na verdade teríamos pela frente: campo, parque, caças ao ovo, alimentação dos animais etc. 

Com isto em mente, assim como as restantes coisas que íamos levar para ele vestir no fim-de-semana e que teriam que jogar bem (apenas um par de ténis, um só casaco etc.). E depois de uma vista de olhos nas opções das lojas (que já apontam para um calor que na realidade ainda não está), acabei por me apaixonar por uma camisa da H&M. "Uma camisa fica sempre bem e já dá um toque arranjadinho, independentemente do resto do outfit" pensei. 

Na hora de vestir e depois de perceber que até ia estar calor nesse dia, optei por vestir uma T-shirt por baixo, que tal como eu previ, se revelou mais prática e fresca para as actividades dessa tarde. 

Um look que começou arranjadinho e acabou em desporto total, mas sempre, sempre com pinta! 

E por aí? também fazem esta ginástica mental na altura de comprar? O que gostamos vs. o que é cómodo, o que fica bem vs. o que na realidade é prático? Acho que todas as mães pensam nisto! 



O colete que já mostrei da H&M e a T-shirt básica da Zippy

                        As calças rasgadas (falsas rasgadas na verdade pois são remendadas por dentro) são da Zara,
já antigas, e são sem dúvida as calças que mais gosto de lhe ver. 

Os ténis-bota da Adidas que já mostrei 






Já é um viciado em tirar fotografias e até não se safa mal.
O boné é da Zippy. 



1 comentário: