quinta-feira, 17 de março de 2016

Então e as obras?


A meio do primeiro mês de obra, o balanço é bastante positivo.

A equipa é muito rápida e eficaz e de todas as que já contratámos (e sim, long story, já contratámos muitas) são os únicos que chegam ainda antes de estarmos prontos a sair de casa e não saem a meio da tarde. 

Na primeira semana vimos resultados quase imediatos. No primeiro dia descascaram a casa toda e nos dias seguintes já víamos as novas paredes e assoalhadas a tomar forma. Os dias que se seguiram foram mais frustrantes para nós porque implicaram muito trabalho de canalização e cablagem dentro de paredes. Coisas que não são tão óbvias ao olhar e que por isso não revelavam grandes mudanças quando, à noitinha, íamos verificar os progressos. No entanto são coisas que obviamente também levam o seu tempo.

As janelas de sótão, no telhado, foram colocadas a seguir, o que iluminou o salão e nos deu uma nova luz sobre os trabalhos. O passo seguinte foi demolir as paredes que dão para o piso onde estamos. Não achávamos que chegassem cá tão depressa e apanhou-nos um bocado desprevenidos, limitando-nos ainda mais ao corredor dos quartos. 

Este fim-de-semana vamos ficar oficialmente sem cozinha (que já estávamos a usar muito pouco), e ainda assim vamos tentar sobreviver cá em casa para o bem das rotinas de toda a gente e da bicharada. Vamos ver se nos aguentamos à bronca! 

Quando a ultima das demolições for feita, chega a vez do estucador trabalhar nos tectos e paredes branca por que tanto ansiamos. Mal posso esperar!

Ultimamente troquei as minhas
compras "girly" pelas lojas de Bricolage




Pontos positivos de primeiro meio mês de obra:

- A equipa cumpridora e competente
- Paredes que afinal - sem pilares - podem ser demolidas

Pontos negativos do primeiro meio mês de obra:

- Os imprevistos, como pilares de telhado a necessitar de substituição.
   - A casa (que nos resta) a necessitar de limpeza diária devido ao pó que, ainda que não pareça, e apesar das protecções, escapa da obra. 


2 comentários:

  1. Muito obrigada Marta :*
    Não é fácil mas com humor (e amor) vai-se levando! ;)
    Beijos

    ResponderEliminar